Advogado aceita receber honorários em stripper e ‘dança’

24set08

stripper

Mais um que envergonha a classe: um advogado da cidade de Dekalb (Estado de Illinois, EUA), teve sua licença suspensa por 1 ano e 3 meses em decorrência do fato de ter aceito o pagamento de seus honorários com ‘danças eróticas’.

Explico: Uma stripper, necessitando de uma consultoria jurídica, contratou um advogado, o Dr. Scott Robert Erwin. Os honorários contratados foram US$ 534 e como ela não tinha dinheiro para pagar, resolveu pagá-lo com a prestação de serviços e ele aceitou.

Continue lendo >>>

Anúncios