Julio Verne

22jul08

Jules Verne

1) Introdução:

Enquanto o primeiro livro que li na vida foi de autoria de Marcos Rey (Um Cadáver Ouve Rádio), o primeiro filme que me lembro ter assistido foi Viagem ao Centro da Terra , não o novo, recém-lançado (ê…obviedade), mas o antigão.

Ah! Como aquilo mexeu com minha imaginação, pena que não tinha a menor noção de que era ele baseado num livro e que do mesmo autor existiam outros tão interessantes quanto! Só pude terminar a leitura de Verne mais tarde e lamentei cada minuto anterior em que o ignorava.

Verne foi tão importante, tão deveras genial que acho que no mundo ocidental poucos podem dizer que não conhecem (direta ou indiretamente) alguma personagem por ele criada.

Quem assistiu o terceiro Filme da Série ‘De volta para o futuro’, não ignora a explícita menção que o cientista…..faz à obra do autor; quem assistiu “Liga Extraordinária” por certo lembra do Capitão Nemo (ou quem sabe já ouvir a referência no filme ‘Procurando Nemo’?). E o filme ‘Volta ao Mundo em Oitenta Dias’, tão lembrado no episódio do ‘padre no balão’?
Assim como em matéria de lei: Não há como alegar ignorância, alguma personagem se conhece, quer consciente do criador, quer não.

Júlio não foi apenas um escritor genital, foi um visionário. Não é por acaso que é chamado ‘o pai da ficção científica’; na melhor gíria aboadolescente: ‘Verne foi O cara’. Então, vamos a ele:

Continue lendo >>>

Anúncios