Constituição Equatoriana pode assegurar à mulher o direito ao orgasmo

03maio08

quando chega?

Assembléia está reescrevendo a Constituição do Equador
Maria Soledad Vela, que faz parte da Assembléia que está reescrevendo a Constituição do país, alega que as mulheres são tradicionalmente vistas apenas como objetos sexuais ou como reprodutoras.

Agora, segundo ela, as mulheres deveriam ter o direito de tomar decisões “livres, responsáveis e informadas” sobre suas vidas sexuais.

Continue lendo >>>

Anúncios