Cosmólogo recebe prêmio defendendo existência de Deus

15mar08

 Super nova

Um padre e cosmólogo polonês que sustenta a possibilidade de comprovar matematicamente a existência de Deus foi o vencedor do mais polpudo prêmio acadêmico do mundo.

O professor Michael Heller, 72, de formação religiosa, com estudos em filosofia e doutorado em cosmologia, receberá em maio, em Londres, o prêmio Templeton, outorgado pela fundação homônima de estudos religiosos sediada em Nova York. O valor da premiação é de 820 mil libras esterlinas (cerca de R$ 2,87 milhões).

Os trabalhos mais recentes de Heller abordam a questão da origem do universo, debruçando-se sobre aspectos avançados da teoria geral da relatividade, de mecânica quântica e de geografia não-comutativa.

“Vários processos no universo podem ser caracterizados como uma sucessão de estados, de maneira que o estado anterior é a causa do estado que o sucede”, explicou o próprio Heller em um comunicado divulgado por ocasião do anúncio do prêmio.

Ele rejeitou a idéia de que religião e ciência são contraditórias. “A ciência nos dá o Conhecimento e a religião nos dá o Sentido. Ambos são pré-requisitos para uma existência decente”.

“Invariavelmente eu me pergunto como pessoas educadas podem ser tão cegas para não ver que a ciência não faz nada além de explorar a criação de Deus.”

Críticas

Alguns céticos atacam a Fundação Templeton por sua inclinação a favor de ideologias conservadoras da religião.

Um dos principais críticos à instituição é o biólogo evolucionista Richard Dawkings, que já descreveu o prêmio Templeton como “uma soma de dinheiro muito grande que se concede normalmente a um cientista disposto a falar coisas boas da religião”.

Para os jurados, Heller mereceu o prêmio por desenvolver “conceitos precisos e notavelmente originais sobre a origem e as causas do universo, muitas vezes sob intensa repressão governamental”.

Heller conhecia o Papa João Paulo 2º, nascido polonês sob o nome de Karol Wojtyla, que personificou a reação da Igreja Católica contra o avanço do comunismo nos países do Leste Europeu.

“Apesar da opressão das autoridades comunistas polonesas a intelectuais e padres, a igreja, impulsionada pelo Concílio Vaticano 2º, garantiu a Heller uma esfera de proteção que o permitiu alcançar grandes avanços em seus estudos”, diz sua biografia.

Heller disse que usará o dinheiro do prêmio Templeton para financiar futuras pesquisas.

Fonte: Bol notícias

::::::::::::::::

Comentário:

A ‘John Templeton Foundation’ (Fundação John Templeton) é uma fundação religiosa. Dê uma leve olhada no site deles e entenderá o quão sérios são os trabalhos  desenvolvidos.

Assim, em termos científicos, o prêmio nada vale, é apenas religião travestida de ciência, similar ao Intelligent Desing  (em português ‘Design Inteligente‘).

Claro que os teístas adorarão a notícia veiculada pelo Bol. Problema deles, eu prefiro acreditar no ET de Varginha.

Desafio cada um deles a refutar cada uma das DOZE PROVAS DA INEXISTÊNCIA DE DEUS.

::::::::::::::

Agradeço ao Monsieur André, do CCT e do CET.NET  por ter me cedido a notícia. Não sou cientista, deixo tais questões para quem é da área; mas não é necessário ser um gênio para inferir o quão ‘imaginativo’ seria o trabalho de dito ‘cientista’.

Anúncios


14 Responses to “Cosmólogo recebe prêmio defendendo existência de Deus”

  1. 1 GALÃ MULHERENGO

    Eu acredito na possibilidade de existir um ser superior, mas não o deus que a bíblia fala, pois, se vocês pararem para ler a bíblia de um modo mais natural, como se fosse um livro comum, e não um livro sagrado, vocês iram ver que as coisas que deus fazia no antigo testamento, não tem muita lógica, por exemplo: ele mandondava o rei saul invadir as terras “inimigas” (só por que não acreditavam nele)e destruir tudo nem crianças e animais escapavam. Que deus impiedoso é esse? Aí muitas pessoas dizem: mas isso era no tempo da lei!
    Se for assim esse deus não é imutável, como dizem…
    na minha opinião esse deus da bíblia é igual aos deuses gregos, babilônicos, etc…
    se existe um deus ele com certeza não é (nem era) assim!

  2. 2 RAPAZ

    DEUS E 1 SER SUPREMO MUITO PODEROSO Ñ DUVIDA DISSO

  3. 3 RAPAZ

    Deus

  4. 4 Ivo da Silva Bitencourt

    Tudo que pedirdes em oração, crendo recebereis. Eis alguns fundamentos da Teologia Quântica para o terceiro milênio, dissociada da tradição mística mitológica, dogmática e doutrinária.A ESPIRITUALIDADE PLENA DE LUZ

    A espiritualidade é uma manifestação da realidade espiritual do ser humano. A consciência espiritual começou a despertar na mente humana , já no homem de Neandertal, que enterrava seus mortos com reverência e algum ritual, por acreditar na continuação da vida espiritual.
    Por paradoxal que pareça, para entendermos a espiritualidade humana é bom seguirmos os passos do progresso da ciência, que reduzindo a matéria nos seus elementos chegou à anti-matéria ou vácuo quântico, substância escura , sem massa que pervade mais de 90% do cosmo observável.É o fundo imóvel de energias em equilíbrio que quando vibra cria matéria e consciência cognitiva, é a causa em potência que se transforma em ato. “Aristóteles”.
    Todo o universo material, inclusive o homem, provem de um processo organizacional ascendente, da não matéria para partículas, átomos, moléculas, e células neurais…. Portanto podemos identificar essa não matéria como um oceano espiritual no qual estamos submersos e em contato permanente, célula por célula.
    Interagimos constantemente com esse “Uno” espiritual através da nossa mente nos seus três níveis de consciência: espiritual, emocional e racional.
    O nível racional ou consciente é o mais recente desenvolvimento dos humanos, tem sua estrutura neural no córtex cerebral com conexões em série, o pensamento é processado por ondas cerebrais que são interpretadas pelo nível espiritual.
    O nível emocional ou inconsciente, instintivo nos animais, é inerente à vida em todas as suas formas, nos ser humano suas conexões neurais estão por todo o sistema nervoso em redes paralelas, seus registros são processados por ondas cerebrais que também são interpretados pelo nível espiritual.
    O nível espiritual ou super-consciente é a essência do programa do ser que precede a existência, no ser humano a consciência espiritual atua na base cerebral com uma onda de 200Hz (descoberta recente) que faz a leitura das ondas do consciente e inconsciente e devolve informação com inteligência, emoção e consciência, portanto a consciência inteligível e emocional é processada no cérebro e interpretada pelo espírito.
    Com o entendimento da ciência do ser espiritual, torna-se compreensível o poder da oração e da meditação, pois ambas requerem a focalização do pensamento em algum propósito, e as ondas do pensamento não precisam ganhar as alturas para chegar até Deus, pois o seu espírito está em contato conosco, célula por célula. “Vale lembrar o que foi dito hà dois milênios: “O reino de Deus está dentro de vós” ou “Deus é espírito, e importa que os que o adoram, o adorem em espírito e em verdade” ou ” A verdade vos libertará”.
    Até agora o que foi conseguido em termos de saúde, alegria e paz de espírito por poucos pela fé, poderá ser alcançado por muitos pelo entendimento. Santo Agostinho escreveu: “Compreender para crer, crer para compreender”, porque ele acreditava que não só o credo, mas também a razão aproxima o homem de Deus.
    E assim a aventura humana vai chegando ao seu topo com mais compreensão e consciência espiritual.
    Ivo da Silva Bitencourt 03/120/2008

  5. Não sei de fato se a veracidade no trabalho de pesquisa realizado pelo Michael Heller.

    Se houvesse, muitos cientistas SÉRIOS concordariam e sua tese sairia num periódico com peer review. Pq será que isso não ocorre? Assim, pergunta André.

    Mas não deixa de ser muito interresante.

    Uma opinião que respeito.

    Pelo fato de ser um estudo muito aprofundado, e muito bem comentado e explicado por ele, com base cientifica fundamentada.

    Se houvesse, muitos cientistas SÉRIOS concordariam e sua tese sairia num periódico com peer review. Pq será que isso não ocorre? Assim, pergunta André novamente.

    Isso não levando em consideração, Michael ser doutor em cosmologia.

    Argumentum ad verecundiam.

    Agora o que eu acho estranho, é que se o cara comprovou a existência de Deus, ele não precisar derrubar outras questões, levantadas por outros.

    Não é mesmo curioso? Assim pergunta André.

    Para quem desacredita do estudo dele, faça como ele, não critique, só vai lá e faça um estudinho desses, isso se conseguir né, porque não é para qualquer um virar doutor em cosmologia, não pelo dinheiro, mas pela dificuldade mesmo, e derrube a pesquisa dele, como ele fez com a teoria do Big Ben.

    Pra princípio de conversa, Big Ben é um RELÓGIO, cabeção. Vai estudar.

    “Segundamente”, ele não provou NADA. A tese dele não passou de uma mera hipótese mal-fundamentada. Mas, se é tão sólida, muitos cientistas SÉRIOS concordariam e sua tese sairia num periódico com peer review e ganharia status de Teoria Científica. Pq será que isso não ocorreu? Assim, pergunta André, com insistência e exigindo uma resposta.

    Ele não precisa mais provar o contrario. Quem precisa derrubar é quem desacredita.

    Puta merda, é dose. O cara não mostra dado nenhum, não apresenta prova nenhuma e imbecis querem que o refute. Pergunto: Refutar O QUÊ? Ele ACHA que provou que deus existe. André pergunta: Com tantos deuses existentes no mundo, qual foi o deus que ele provou existir?

    E outra coisa importante que devemos dar ênfase, é o premio muito justo eu diria.

    Dado por uma Fundação CRISTÃ. Será que ele tivesse provado que Shiva eiste ele teria ganho tal prêmio? Templeton só dá premios escrotos para quem acredita no deuisinho ridículo dela. pq será? Assim pergunta André.

    Para uma pesquisa como essa, eu diria até que foi pouco o valor pago a ele.

    Ahan, claro, claro.

    Para quem dedicou uma vida para provar uma idéia.

    E falhou miseravelmente. Se tivesse provado, a publicação sairia num periódico indexado. Pq será que isso não ocorreu? André não se cansa de perguntar.

    Achei mesmo pouco o valor, até porque todo ano no Brasil, é dado no carnaval, muito mais dinheiro para se gastar em festas, arruaças, que não levam a nada, a não ser aumentar o numero de pessoas contaminadas por doenças sexuais, violência, exploração sexual e “N” outras coisas.

    Aposto que vc gosta de sair pra pegar umas mulatas (ou mulatos, vai saber).

    Mas nisso nos não pensamos, só sabemos criticar um cara que estudou e trouxe mais uma realidade para nós.

    Quantas realidades existem?

    Mas viva a carnaval e outras festas de rua, que ajudam à população que passa fome, que gera empregos, estimula a união da família, a todos esses benefícios que recebemos com esse dinheiro que sim é mal gasto, e nunca falamos nada.

    Quantos famintos vc ajudou esta semana? Assim pergunta André.

    Talvez seja realmente o momento “de dar um basta”.

    Ih, a princesa vai se rasgar. Uia!

    E abrirmos os olhos e ver o que realmente estamos fazendo.

    No momento, estou respondendo a um idiota falacioso.

    Abrir os olhos e ver se não estamos dormindo no ponto, e largando balões, se achando o “rei”, enquanto o ônibus já foi embora.

    Vc esqueceu de dizer Gay-zuis é o SENHOR!!!!!!!!!!

  6. Solito: :

    sei de fato se a veracidade no trabalho de pesquisa realizado pelo Michael Heller. Mas não deixa de ser muito interresante. Pelo fato de ser um estudo muito aprofundado, e muito bem comentado e explicado por ele, com base cientifica fundamentada.

    Sua resposta já guarda uma contradição, meu filho. Como é que vc sabe/afirma que a base científica é fundamentada? Diz aí!

    Agora o que eu acho estranho, é que se o cara comprovou a existência de Deus, ele não precisar derrubar outras questões, levantadas por outros.

    Nenhuma outra questão? E pq?

    a quem desacredita do estudo dele, faça como ele, não critique, só vai lá e faça um estudinho desses, isso se conseguir né, porque não é para qualquer um virar doutor em cosmologia, não pelo dinheiro, mas pela dificuldade mesmo, e derrube a pesquisa dele, como ele fez com a teoria do Big Ben.

    Só pq vc é incapaz de fazer qualquer crítica ao estudo dele por absoluta falta de conhecimento, imagina que todos têm a mesma incapacidade, fiote?

    não precisa mais provar o contrario. Quem precisa derrubar é quem desacredita.

    Bela inversão do ônus da prova, não?

    E outra coisa importante que devemos dar ênfase, é o premio muito justo eu diria. Para uma pesquisa como essa, eu diria até que foi pouco o valor pago a ele. Para quem dedicou uma vida para provar uma idéia.

    Meu Zeus…..até quando terei de comentar tais besteiras…não acabam nunca!

    Achei mesmo pouco o valor

    Dá seu salário para ele, rapaz.

    só sabemos criticar um cara que estudou e trouxe mais uma realidade para nós.

    Fale por vc, banzé!!!!

    Ah, chega!!!

  7. Não sei de fato se a veracidade no trabalho de pesquisa realizado pelo Michael Heller. Mas não deixa de ser muito interresante. Pelo fato de ser um estudo muito aprofundado, e muito bem comentado e explicado por ele, com base cientifica fundamentada. Isso não levando em consideração, Michael ser doutor em cosmologia.
    Agora o que eu acho estranho, é que se o cara comprovou a existência de Deus, ele não precisar derrubar outras questões, levantadas por outros.
    Para quem desacredita do estudo dele, faça como ele, não critique, só vai lá e faça um estudinho desses, isso se conseguir né, porque não é para qualquer um virar doutor em cosmologia, não pelo dinheiro, mas pela dificuldade mesmo, e derrube a pesquisa dele, como ele fez com a teoria do Big Ben. Ele não precisa mais provar o contrario. Quem precisa derrubar é quem desacredita.
    E outra coisa importante que devemos dar ênfase, é o premio muito justo eu diria. Para uma pesquisa como essa, eu diria até que foi pouco o valor pago a ele. Para quem dedicou uma vida para provar uma idéia.
    Achei mesmo pouco o valor, até porque todo ano no Brasil, é dado no carnaval, muito mais dinheiro para se gastar em festas, arruaças, que não levam a nada, a não ser aumentar o numero de pessoas contaminadas por doenças sexuais, violência, exploração sexual e “N” outras coisas. Mas nisso nos não pensamos, só sabemos criticar um cara que estudou e trouxe mais uma realidade para nós.
    Mas viva a carnaval e outras festas de rua, que ajudam à população que passa fome, que gera empregos, estimula a união da família, a todos esses benefícios que recebemos com esse dinheiro que sim é mal gasto, e nunca falamos nada.
    Talvez seja realmente o momento “de dar um basta”. E abrirmos os olhos e ver o que realmente estamos fazendo. Abrir os olhos e ver se não estamos dormindo no ponto, e largando balões, se achando o “rei”, enquanto o ônibus já foi embora.

  8. 8 Nathalie

    Gostaria de fazer alguma coisa para ajudar – uma gota d’água no oceano – mas, quem sabe, algumas poucas palavras levam mais um a raciocinar, a pensar que as coisas vão mal e, a despeito de tantos anos de cristianismo, nada mudou para melhor. São os cegos que não querem ver.

  9. 9 haddammann veron

    Observo a cifra. Um safado, um salafra desse recebe um tanto de dinheiro que daria, no mínimo para que garotos e garotas não lavassem a mão em água enferrujada, e tivessem pelo menos acomodações, enquanto se sacrificam para conseguir aprender e desenvolver um pouco da Ciência que nos beneficia. Enquanto a moçada batalha duro, feriado, natal, carnaval, noite, dia, férias, para ainda sonhar com um parco recurso para levar adiante alguma pesquisa, esse pulha (o cara é um criminoso asseclado por uma escória de malandros enganadores) tá aí provando que a religião chegou a tal ponto que o esgoto já é lugar limpo pra qualquer desses canalhas. Não se trata mais de Fé, de anseio íntimo, é crime, provado, comprovado, esfregado na nossa cara todo dia. Nenhum homem, nenhuma mulher que no mínimo saiba ler uma frase tem desculpa em dizer que não consegue ver o que religião é. Tornou-se um perigo um religioso ficar perto de uma ser humano com idade entre 01 e 11 anos. Há poucos meses (noticiado em jornal no RJ) uma mulher intimou todos de sua casa a se matarem, um e outro conseguiu escapar. Há bairros que simplesmente umas corjazinhas safadas expulsam pessoas e ainda entram nos ônibus de manhã dizendo alto o que fazem com os “descontentes”. É uma desgraça em cima da outra. Os ruizinhos amancomunados com a “força da religião” se esbaldam sacaneando as pessoas que têm que estar atinadas com seus trabalhos e não se dão conta da canalhice que rola solta, espremendo a Imprensa, a Política, as Escolas, o Esporte, a Arte … Se enfiam, alastram imundície … Eles sabem muito claramente que são safados, sabem. E nós ainda sujeitos a essa palhaçada e covardia. Temos que dar um basta nisso. Os pulhas estão torcendo pro mundo piorar. Estão fazendo tudo para tudo piorar. Não é possível, isso tem que ter um basta, e é agora.

  10. Caros amigos leitores:

    Como eu já havia adiantado em minha postagem (”deixo tais questões para quem entende da área’), bom mesmo é falar com quem entende. Humildemente cedo a palavra aos caras do CCT.

    Abraços!

    🙂

  11. O mais impressionante aí é o valor da premiação: R$ 2,87 milhões.

    É muito dinheiro.

  12. 12 flaviadiasmelo

    Olá Fátima, gostei sim dos seus comentários. Embora discordando de um ou outro, adorei o fato de alguém de ter lido e ter comentado. Eu escrevi aquele texto quando tinha 18 anos (tenho 23 agora) e resolvi postar para ver como as pessoas iriam se sentir.
    Para não nos comunicarmos através dessas mensgens deixarei meu email para mantermos um contato sobre temas que edificam a mente e a alma.
    Meu email: [anotado e apagado para proteger sua privacidade]

    Abraços, Flávia Dias.

  13. Lamentável, lamentável. Triste notícia.


  1. 1 Preces funcionam? « Palavras Sussurradas