Fundamentalismo

02fev08

Fundamentalismo Islâmico 

Movimento religioso baseado na interpretação literal dos textos sagrados. O termo surge no começo do século XX, nos Estados Unidos, quando cristãos protestantes conservadores – em oposição à corrente teológicas que pretendia conciliar o conteúdo da Bíblia co as descobertas científicas da época – publicaram uma série de 12 folhetos, conhecidos como The Fundamentals (Os Fundamentos).

Eles pregam que a Bíblia é desprovida de erros, deve ser interpretada literalmente e assim, nortear a vida dos fiéis.
Com o tempo o termo ganha significado mais amplo, passando a designar qualquer movimento fanático ou intransigente. Atualmente, existem grupos fundamentalistas ligados a várias religiões, como cristianismo, islamismo e judaísmo. Alguns atuam de forma política, como cristãos norte americanos que não aceitam o aborto nem o homossexualismo. Outros são violentos, como a milícia islâmica Taliban, que governou o Afeganistão entre 1995 e 2001.

Fonte: Almanaque Abril

:::::::::::::::::::

Atenção: o presente foi marcado como ‘esboço’, estando sujeito a alterações/ampliações.

Anúncios